fbpx

Posicionamento de Marca: a importância dele para os negócios

bangboo

Já destacamos algumas vezes aqui em nosso blog a importância de uma boa comunicação. Ela pode, de fato, mudar o rumo dos seus negócios. Desta vez aprofundaremos um pouco e falaremos sobre o posicionamento de marca.

Afinal, você sabe o que é? Como funciona ou mesmo quais são os efeitos causados por ele, tanto em sua empresa quanto na vida dos clientes?

Então este artigo é especialmente para você!

Continue lendo e vamos juntos conversar um pouco sobre posicionamento de marca. Você vai ver como ele pode, e muito, te ajudar em seus objetivos. 

Vamos lá?

O posicionamento de marca é a personalidade de uma empresa

De forma resumida, assim, sem papas na língua, é isso mesmo. Mas claro que vamos te explicar de uma forma mais profunda e técnica.

O posicionamento de marca é uma estratégia que tem como objetivo alcançar um lugar de destaque, único, exclusivo, na mente do seu público-alvo.

Ele é a maneira como a marca é percebida pelo seu consumidor. Suas crenças, ideais e sonhos. São as atitudes praticadas para mostrar às pessoas o que ela defende, em que acredita e qual é a sua visão de mundo.

Uma mescla de valores, sentimentos e memórias afetivas. Ou, como dissemos anteriormente, a personalidade de uma empresa.

Aqui, neste caso, o foco não é o produto ou serviço, mas sim a percepção do cliente.

Como ele funciona na prática?

Existem algumas empresas que refletem a personalidade de seus fundadores. E não há nada de errado com isso, desde que seu público também a aceite.

Calma, eu explico. Nem sempre os valores do seu cliente, ou do seu produto, serão os mesmos que os seus. 

Nem todo dono de padaria é apaixonado por pães, ou os de pubs por cerveja, mas seus públicos sim. E saber a diferença disso é fundamental.

Segundo um artigo da Harvard Business Review, 64% dos consumidores citam os valores em comum como principal motivo para se relacionarem com a marca.

Ou seja, é muito importante que a comunicação da sua marca tenha uma identidade parecida com a do seu público-alvo. A identificação será muito maior e os resultados melhores.

Embora pareça fácil na teoria, colocar em prática acaba se tornando uma tarefa muito mais trabalhosa.

Só para começar a conversa, você vai precisar ter algumas respostas na ponta do lápis. Que são: 

  • Quem é o seu público;
  • O que seu produto/serviço faz por ele;
  • Identificar seus diferenciais;
  • Qual é a sua proposta de valor;
  • Como você quer que sua marca seja percebida.

Depois disso, é “só” colocar as mãos na massa.

Marcas que são exemplo de bom posicionamento

Trouxe aqui algumas marcas que são excelentes exemplos de um posicionamento estratégico bem executado.

Havaianas: As sandálias mais famosas do Brasil. Se hoje elas são sinônimo de moda, alegria e “brasilidade” é graças ao bom posicionamento. Nem dá mais para lembrar daqueles tempos sombrios, pré-anos 90, onde elas eram vistas apenas como calçados de borracha e nada mais.

Red Bull: A marca de energéticos está nos maiores eventos de esportes radicais do mundo, pode procurar. Motocross, corridas, skate, existem até mesmo times de futebol com o seu nome. Isso porque o seu produto está ligado a estilo de vida, unindo energia ao esporte. Ah, e tudo isso sem falar nada sobre a sua bebida.

Dove: A marca de cosméticos foi pioneira ao abraçar o empoderamento feminino e a defesa da beleza sem padrões. Se pudermos falar de um marco onde tudo mudou, com certeza seria a campanha Real Beleza, que ganhou uma vastidão de prêmios pelo mundo. 

Apple: A marca mais valiosa do mundo, segundo a Forbes 2018, não chegou tão longe à toa. A empresa, além do design e da alta qualidade de seus produtos, sempre abraçou o discursos como “pense diferente”, “vá contra os status quo”, “deixe sua marca no mundo”. É até difícil de lembrar que ela quase fechou as portas nos anos 90, não é mesmo?

Tudo isso graças ao posicionamento de marca.

Sua marca precisa se posicionar

“As pessoas não compram o que você faz. Elas compram o porquê você faz”. 

Acho que a frase acima, do Simon Sinek, resume muito bem a importância de se posicionar. Garantir um lugar na mente do consumidor não é fácil. Um produto, ou serviço, excelente não é o bastante. Eles querem mais!

Querem propósitos, ideais, valores, realizações. Querem se identificar com a empresa.

E quando isso acontece, os clientes fazem mais do que compras. Eles se apaixonam.

Depois isso, é só alegria.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email