fbpx

Conheça o poder do endomarketing nas empresas

bangboo

É preciso cultivar o jardim para que venham as borboletas. 

Uma frase muito comum do nosso cotidiano que, em suas entrelinhas, nos diz: cuide primeiro de você que, quando menos esperar, será notado, colherá os frutos. E acredite, ela é a escolha perfeita para começarmos o artigo de hoje, que é sobre endomarketing nas empresas.

De maneira sintetizada, ela representa tudo que o endomarketing é. Mas não estamos aqui para falarmos, ou melhor, conversarmos, de maneira sintetizada, não é?

Então, se você quer saber o que esta estratégia tão difundida mundo afora tem a oferecer para o seu negócio, continue a leitura. 

LEIA TAMBÉM

Branded Content: como um conteúdo relevante fortalece sua marca

Estratégia de Marketing: a importância da persona

Engajamento no Instagram, fim dos likes e a força do conteúdo

Endomarketing: o que é?

Para quem veio com uma resposta pronta, já adiantamos que o seu significado vai muito além de sua etimologia. O Endomarketing é uma estratégia mercadológica que tem como objetivo gerar um melhor ambiente de trabalho para seus colaboradores.

Seja por meio de ações, atividades, reconhecimento, remuneração, benefícios, premiações ou qualquer outro tipo de atitude. Tudo para melhorar a qualidade de vida dos funcionários dentro e fora da empresa. 

Com isso, é possível criar um bom lugar para se trabalhar, reter e atrair talentos do mercado e cultivar uma equipe motivada em realizar suas funções cada vez melhor. 

E sabe o que um time assim é capaz de fazer? Isso mesmo. Sua empresa crescer.

Todos ganham, principalmente o seu negócio

O Endomarketing pensa a médio e longo prazo. Hoje ele planta, amanhã é o seu negócio que faz a colheita. Manter uma boa equipe, engajada e focada nos propósitos do seu empreendimento, pode fazer com que suas metas sejam batidas com mais facilidade e rapidez.

Não é uma via de mão dupla, onde favores são trocados. “Eu faço isso e você aquilo”, não. No Endomarketing, um é efeito do outro. 

Bons colaboradores, aqueles que são comprometidos em darem o seu melhor no ambiente de trabalho, farão até mais do que isso se a empresa se mostrar preocupada com seu bem-estar e disposta a lhe dar mais conforto e conhecimento. 

É reformar a “casa” para que ela fique maior, melhor e mais valiosa.

Tudo muito bom, não é? Na verdade, não. Isso porque, mesmo com o alto índice de desemprego em nosso país – que em março atingiu 12,7% da população – existe uma alta rotatividade no mercado, o famoso turnover

E lutar contra ele tem sido um grande desafio para as corporações.

Turnover, um problema que o Marketing e o RH podem resolver

O turnover nada mais é do que o índice de rotatividade – entrada e saída – de funcionários em um determinado período de tempo. 

Segundo uma pesquisa realizada em 2016 pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o DIEESE, a rotatividade de colaboradores no Brasil chegou a atingir quase 40%. 

Seja por falta de aptidão para os cargos ou por infelicidade, e até mesmo incompatibilidade, os profissionais não estão “parando” em seus empregos. Algo muito grave para todos.

Mas este quadro, por mais difícil que seja, pode ser revertido. Uma estratégia de endomarketing bem estruturada e liderada pelos departamentos de Marketing e RH pode diminuir, e muito, este problema.

O poder de um bom planejamento, parcerias com agências de publicidade e consultorias de recursos humanos, a execução de projetos, pode virar este jogo.

Veja algumas das atitudes que podem ser tomadas:

  • Ações internas, como sorteios e premiações;
  • Trabalhos em grupo;
  • Participação da família;
  • Identificação de necessidades;
  • Conversão de problemas em oportunidades de aprimoramento;
  • Treinamentos para melhorar a capacitação;
  • Palestras motivacionais;
  • Confraternizações;
  • Reconhecimento do trabalho desenvolvido pela equipe;
  • Valorizar desempenhos individuais;
  • Entre outros.

Tudo isso vai ajudar não apenas a manter cada um dos colaboradores mais motivados, mas também a fazer com que eles se sintam parte importante da empresa. E isso é fundamental.

Endomarketing em prática

Trouxemos aqui alguns exemplos do endomarketing funcionando na prática. Confira os cases:

Grupo Pandurata: para conscientizar seus colaboradores sobre o uso do copo descartável, usamos como comparativo, para o número de copos que já foram utilizados pela empresa, o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa, em Dubai. 

A proposta era simples: usar copos particulares e deixar de lado os descartáveis. Um atitude simples de conscientização que traz ganhos tanto para a natureza quanto para o negócio.

Cocamar: a Cocamar tem o cooperativismo como parte fundamental de sua estrutura, a palavra faz parte de seu DNA. Pensando nisso, a cooperativa realizou diversas atividades especiais com seus colaboradores na semana do cooperativismo, que aconteceu entre os dias 01 e 05 de julho. 

Tudo para mostrar como o trabalho de cada um ali dentro é fundamental para que objetivos sejam atingidos. Assim, os colaboradores se sentem parte do negócio. E, de fato, eles são mesmo. Mas, mesmo assim, cada um deles precisam ver, ouvir, sentir.

Toyota: A montadora de carros japonesa leva à sério a criatividade de seus funcionários. Tanto é que muitas das ideias dadas por eles são colocadas em prática, anualmente. Isso, além de manter a empresa altamente criativa, faz com que seus profissionais se sintam essenciais para a empresa. 

Isso sem falar nos treinamentos de capacitação, que deixam sua equipe cada vez mais preparada e engajada em seus projetos e objetivos. Mais uma vez, muitos trabalhando pelo mesmo objetivo: o sucesso do negócio.

A mudança começa de dentro para fora

Um bom endomarketing atrai bons profissionais, retém os talentosos e gera benefícios. Com uma estratégia bem elaborada, o negócio acaba se tornando “o trabalho dos sonhos” de muita gente. O Google está aí e não nos deixa mentir. Ou você nunca ouviu a expressão “no Google eles têm escorregadores” e qualquer outra coisa do tipo? Tudo endomarketing. 

E a boa notícia é que você não precisa ser o maior buscador do mundo para aplicá-lo em seu empreendimento. Basta ter vontade de crescer e de aprimorar seus processos. E isso não é tão complicado, basta começar, aos poucos.

Com um bom planejamento e parceiros comprometidos, trabalhando pelo endomarketing na empresa, os resultados em breve aparecerão.

Cuide do seu jardim que, naturalmente, as borboletas, ou as metas cumpridas, virão. 

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email