fbpx

Reclames: vídeos publicitários mais legais que a própria programação

bangboo

O vídeo publicitário existe desde que as imagens começaram a se mexer. E isso tem uma explicação muito simples.

Se tem uma coisa que as pessoas gostam é de assistir uma boa história. O cinema começou com isso, depois veio a televisão e, agora, a internet. E é claro que a propaganda usou a invenção e o gosto popular ao seu favor.

Afinal, porque não usar histórias cativantes para oferecer soluções em produtos e serviços que, no fim, acabariam facilitando a vida de todos?

É sobre o poder do vídeo que falaremos hoje. Está pronto?

LEIA TAMBÉM

Slogans criativos não nascem do chão

Landing Page: tenha um contato direto com seu público

2019: o ano do podcast. Mas, o que é podcast?

Alguns anos atrás

Com a revolução criativa na publicidade, que aconteceu a partir dos anos 60, os vídeos publicitários convencionais, que mostravam apenas pessoas afirmando a qualidade dos produtos, deram lugar a roteiros mais criativos, com histórias interessantes que, de fato, prendiam a audiência.

Este filme, “Homem com Mais de 40 Anos” foi o primeiro leão de ouro em Cannes do Brasil, criado por Washington Olivetto e Francesc Petit. E isso foi só o começo para o mercado brasileiro.

Outro grande feito foi ter colocado um vídeo publicitário, mais especificamente um garoto propaganda, no Guinness Book. O Garoto Bombril, também criado por Washington e Petit.

Sem falar, é claro, nos clássicos da Havaianas que, a cada novo lançamento, trazia muitas histórias engraçadas envolvendo celebridades tupiniquins. 

A relação dos vídeos publicitários com o público era tão próxima que, por muitas vezes, eles invadiram a própria programação da TV, com os famosos “merchandising”. Esse, no caso, foi da Coca-Cola, na novela Malhação.

As mesmas histórias interessantes, que deixavam qualquer um grudado na tela da TV, agora também estavam nas propagandas. Algumas eram até mais esperadas do que a própria programação.

Olhando agora, os grandes pais da publicidade moderna estavam certos. Este pensamento foi tão revolucionário para a comunicação com o cliente que até hoje o vídeo é uma forma extremamente eficiente de divulgar um produto ou serviço.

Tanto é que hoje carregamos uma tela em nossos bolsos.

O vídeo sempre com você

Apenas no Facebook e no Instagram, mais de 100 milhões de horas de conteúdo em vídeo são consumidas diariamente. Entre os anos de 2012 e 2015 o crescimento global de publicações do formato foram de 616%.

E mais: a Cisco aponta que o vídeo vai representar 75% do volume de dados na web até 2020. Ou seja, apenas 25% fica reservado para todos outros tipos de conteúdos online.

Um pouco de lógica: se o seu público consome, em sua grande parte, o formato de vídeo, isso quer dizer que para falar com ele, você precisa fazer parte desta programação.

Todo o tipo de material é interessante para poder alcançar seu target. Dependendo da sua estratégia, vários caminhos surgem à sua frente. Mas o vídeo publicitário, como os dados acima mostraram, é praticamente obrigatório.

Um pouco de estratégia, na prática

Trouxemos aqui o case mais recente em vídeo que fizemos para o Pamonhas do Cezar. O objetivo da campanha era simples: mostrar para os clientes que nossos pratos executivos são as melhores opções em custo benefício, já que todos são acompanhados por um suco de laranja.

A solução encontrada foi um jingle, de fácil memorização e, ao mesmo tempo, que repetisse várias e várias vezes o diferencial: compre um prato, ganhe um suco.

E é claro que a música ganhou um vídeo no estilo “karaokê” para que o público não apenas aprenda a música, mas também a memorize, a repita e, sempre que o fizer, se lembre dos pratos e sucos do restaurante.

O jingle foi o caminho, mas o vídeo fortaleceu e espalhou a mensagem.

Luz, câmera, ação

Em tempos de internet, o vídeo se tornou a língua comum entre os habitantes do mundo digital. E seu negócio precisa falar este idioma. 

Mas assim como todo bom diplomata, a marca precisa dominar outros dialetos. Tudo pelo objetivo, que no caso e fortalecer sua empresa.

Um bom planejamento estratégico de comunicação com certeza te oferecerá o formato como uma opção e até mesmo campanhas inteiras baseadas nele.

Quer ser notado? Então é hora de parar de se esconder.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email